Manifesto à Sociedade Brasileira, ao Legislativo, ao Executivo e Judiciário: Fique em casa!

Em resposta ao pronunciamento do Excelentíssimo Presidente da República Jair Messias Bolsonaro no dia 24 de março de 2020, o Portal de Saúde Health Connections vem por meio deste comunicado reforçar: FIQUE EM CASA! A capacidade dos países de conter a transmissão é muito importante na ausência de uma vacina. A peculiaridade da COVID-19 provocada pelo novo Coronavírus é a rapidez de contágio. Diversas entidades e grupos também se pronunciaram reforçando a necessidade do isolamento.

Em artigo publicado em 24 de março no New York Times, 7 líderes médicos de Universidades dos Estados Unidos pedem que os comércios e escolas continuem fechados. Segundo eles, não é possível uma recuperação da economia antes do fim da Pandemia do novo Coronavírus. "A maneira mais importante de evitar uma demanda descontrolada de atendimento hospitalar é retardar a propagação da doença, prolongando o tempo necessário para as infecções dobrarem" - afirmam na publicação.

Em outro estudo, publicado no dia 21 de março pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, Universidade de Harvard, nos EUA, e Instituto Pasteur, na França, cientistas avaliaram uma série de medidas adotadas pelos países para determinar quais estratégias são mais eficazes na redução do pico diário, da taxa de infecção e na consequente pressão sobre o sistema de saúde. Os autores confirmam que o distanciamento social aplicado na China teve uma participação relevante no controle da disseminação do novo coronavírus no país asiático. Segundo os autores, o isolamento social funciona, mas é necessário esperar algum tempo para que os seus efeitos positivos sejam notados.

Epidemiologistas e autoridades da saúde mantêm o foco nessa primeira fase de crescimento acelerado porque ela dita o ritmo de avanço da enfermidade e permite projetar quando a epidemia atingirá seu pico e como ele será. Se a curva do crescimento inicial do contágio for íngreme demais, o número de casos pode ultrapassar a capacidade de atendimento do sistema de saúde no Brasil, como aconteceu em fevereiro e março no norte da Itália.

O isolamento social neste momento é fundamental para fazer diminuir a velocidade de transmissão do novo coronavírus e evitar o colapso do sistema de saúde! Portanto, siga as orientações do Ministério da Saúde, dos técnicos, cientistas e profissionais de saúde, bem como as recomendações das autoridades sanitárias brasileiras - não saia de casa. Para as atividades essenciais, como ir ao mercado, tome todas as precauções recomendadas: higienize as mãos, nunca leve a mão à boca, ao olho ou nariz enquanto estiver no mercado, mantenha-se a uma distância de pelo menos um metro das outras pessoas, lave as roupas e tome banho assim que chegar em casa, lave as compras e higienize o celular ou demais objetos.

Vamos achatar a curva inicial de contágio e passar por esse momento difícil juntos, com muito esforço e solidariedade.

Equipe Health Connections


26 visualizações